SIGA O JUSCELINO NAS REDES  
  
  
  
  
Home > Comida > ‘Há uma epidemia que está agravando a crise da Covid-19: nos alimentarmos com comida de baixa qualidade’

‘Há uma epidemia que está agravando a crise da Covid-19: nos alimentarmos com comida de baixa qualidade’

A afirmação é da endocrinologista argentino-americana Mariela Glandt, que acaba de publicar o livro How To Eat In The Time Of Covid-19: Begin Improving Your Metabolic Health (Como comer nos tempos de covid-19: Comece a Melhorar Sua Saúde Metabólica, em tradução livre)

Glandt, que se formou nas universidades de Harvard e Columbia, nos Estados Unidos, é especialista em diabetes, uma das condições médicas que, junto com doenças cardiovasculares, obesidade e problemas respiratórios, fazem com que as pessoas infectadas com covid-19 corram mais risco de morrer.

A exemplo do que vários outros pesquisadores que estudam o vírus desde o início da pandemia dizem, ela acredita que nosso sistema imunológico deve ser fortalecido para que, se contrairmos a Covid-19, as consequências sejam muito mais leves.

E, para fortalecer nosso sistema imunológico, a chave está na alimentação. Para saber como comer durante a pandemia, conversamos com Mariela Grandt.

Vemos que quem tem mais chances de ir para UTIs são as pessoas, além dos idosos, com hipertensão, doenças cardiovasculares, obesidade e diabetes.

Podemos controlar esses riscos com muito mais facilidade do que você pensa e podemos reverter isso em quatro semanas.

No momento, estamos todos petrificados pensando em como evitar ser mais uma vítima da covid-19. Aproximadamente 80% das pessoas infectadas não ficam bem, mas também não morrem. Entretanto, 20% apresentam complicações graves.

O objetivo é ajudar as pessoas a melhorar o sistema imunológico para serem capazes de combater o coronavírus caso sejam infectadas.

A síndrome metabólica é definida quando uma pessoa apresenta 3 destes 5 elementos: pressão alta, açúcar alto, obesidade, triglicerídeos altos e colesterol bom baixo.

Apenas 12% dos adultos americanos não apresentam nenhum desses sintomas, de acordo com pesquisas. Pelo menos entre 60% e 70% da população têm essa síndrome.

Nos últimos anos, comemos alimentos com tanto açúcar e tantos óleos vegetais que não são realmente alimentos. Isso nos deixou doentes.

Então, estamos com pressão alta, obesidade, diabetes galopante, ou pré-diabetes muito alta, por causa do que comemos. E a isso é somado um vírus.

Quando a síndrome metabólica está presente, ela causa uma inflamação crônica. Se você já está em um estado de inflamação crônica, então você não pode obter a defesa que precisa contra o vírus.

Quando você vai ao supermercado, tudo o que está perto das paredes geralmente é comida de verdade. E tudo no meio é geralmente mais industrial.

Tudo o que tem baixo teor de gordura tem alto teor de açúcar e isso não é bom para nós. Você pode adicionar café… mas quase não precisará ir até o meio do supermercado.

Como comer hoje quando muitas vezes você não sabe o que a comida tem, como é feita e às vezes não conseguimos decifrar os rótulos?

Eu apoio comer orgânicos sempre que possível. É caro, mas é um bom investimento. Vale a pena porque a qualidade da comida é importante.

Por que você diz que devemos evitar sucos de frutas?

A chef Rita Lobo e a nutricionista Patrícia Jaime falam sobre alimentação e Covid
A chef Rita Lobo e a nutricionista Patrícia Jaime falam sobre alimentação e Covid

Primeiro, é melhor comer a fruta do que tomá-la. E em segundo lugar, não coma tanta fruta. Quando trato meus pacientes, eu as elimino completamente. É o doce da natureza.

Alguma outra dica para melhorar nossa dieta em meio à pandemia?

Não existem carboidratos essenciais. O corpo sabe exatamente como produzir todo o açúcar que ele necessita. O cérebro sabe exatamente como viver sem comer carboidratos.

Desde o surgimento da agricultura, começamos a comer mais carboidratos, mas não açúcar. O açúcar estava apenas nas frutas e no mel.

Por G1

Você pode gostar também de
Como congelar comida para a quarentena
10 dicas para harmonizar vinho e comida
Smorgasburg: maior festival de comida do mundo de volta a SP!
Usar um bom vinho na receita melhora o sabor da comida?

Deixe o seu comentário