SIGA O JUSCELINO NAS REDES  
  
  
  
  
Home > Cultura > A história da Miolo começa na Itália e chega às 10 milhões de garrafas no Sul do Brasil

A história da Miolo começa na Itália e chega às 10 milhões de garrafas no Sul do Brasil

A família Miolo chegou ao Vale dos Vinhedos vindo de Pádua, na Itália, em 1897, e prosseguiu no Brasil com a atividade da viticultura. No entanto, somente a partir de 1990 produziu seus próprios vinhos comerciais, primeiro a granel e depois engarrafando.

Seu primeiro rótulo foi o Reserva Miolo 1992, dos quais produziram 8.000 garrafas. Hoje a produção total da vinícola alcança 10 milhões de garrafas.

E seus vinhos nascem não somente na zona de Bento Gonçalves (onde está situada a vinícola), mas também em Campos de Cima da Serra, Campanha e Vale do São Francisco, abarcando 1.200 hectares de vinhedos.

Ainda que elaborem espumantes (40% da produção), o forte da Miolo são os tintos, dos melhores do cenário brasileiro.

A vinícola oferece um curso chamado Experiência Terroirs do Brasil que faz uma imersão nos conceitos do mundo do vinho, ensinando análise sensorial, degustação e harmonização

Por Revista Adega

Você pode gostar também de
Perseidas: a chuva de meteoros que poderá ser vista do Brasil em agosto – e como ela se forma
Como colonizadores infectaram milhares de índios no Brasil com presentes e promessas falsas
Brasil tem mais de 1 milhão de casos confirmados de coronavírus, aponta consórcio de veículos de imprensa; veja a situação por região
66% dos brasileiros de 9 a 17 anos não acessam a internet em casa; veja números que mostram dificuldades no ensino à distância

Deixe o seu comentário