SIGA O JUSCELINO NAS REDES  
  
  
  
  
Home > Cultura > Acervo de Vladimir Herzog pode ser consultado on-line

Acervo de Vladimir Herzog pode ser consultado on-line

“Está no ar o site do acervo do jornalista Vladimir Herzog”, anuncia Giselle Beiguelman em sua coluna Ouvir Imagens da Rádio USP. “Como destacam os diretores do Instituto Vladimir Herzog, esse projeto preenche uma lacuna histórica, disponibilizando à sociedade a vida e a obra de Vladimir Herzog, para além de seu trágico assassinato por agentes da ditadura militar em outubro de 1975.”

O acervo do Instituto Vladimir Herzog reúne mais de 1.700 itens da sua história pessoal e profissional. “É importante frisar aqui que esse site leva ao público uma documentação preservada por mais de quatro décadas pela família e também outros materiais, alguns inéditos, que foram mapeados por pesquisadores em mais de 20 instituições e acervos públicos e privados. Tudo isso foi digitalizado e agora alimentará outros pesquisadores”, observa a professora.

O visitante pode observar mais de mil fotografias, registradas pelo próprio Vladimir Herzog, como pesquisa documental para roteiros e reportagens. “Há também matérias jornalísticas que escreveu ou editou ao longo de sua trajetória. Tem mais de uma centena de edições da histórica e combativa Revista Visão, da qual Vlado foi editor, incluindo a antológica matéria de capa sobre a crise da cultura brasileira publicada em 1971. Infelizmente, essa matéria segue muito atual.”

O acervo on-line disponibiliza as cartas escritas ou endereçadas a ele e, entre os materiais inéditos, há uma série feita em parceria com o Museu da Pessoa com depoimentos de familiares e amigos do jornalista, como a viúva Clarice Herzog, o cineasta João Batista de Andrade e o arquiteto Ruy Ohtake. “Num país marcado pelas políticas do esquecimento e em que assistimos mobilizações pela volta da ditadura e testemunhamos os ataques sistemáticos a órgãos ligados à memória e ao patrimônio como o Iphan, essa iniciativa do Instituto Vladimir Herzog é mais que uma contribuição à pesquisa e à memória do Vlado. É um gesto político e um alerta: quem não tem passado fica sem futuro”, ressalta.

Para conhecer, acesse https://www.acervovladimirherzog.org.br/

Por Jornal da USP

Você pode gostar também de
CCBB faz mostra online de cinema online e gratuita
Museu da Imagem e do Som realiza atividades culturais online
Museu das Comunicações e Humanidades abre parte do acervo com peças inéditas na internet
Acervo digital mostra vida e obra de Vladimir Herzog

Deixe o seu comentário